MISODOR
 

 

 

 

 

 

MISODOR

 


454
RECADOS                                                                                                
Custom Search
AREA DE LOGIN      
USUARIO:              
SENHA                  
NECESSÁRIO SOMENTE PARA COLABORADORES, TODO CONTEUDO PROGRAMATICO ESTÁ DISPONIVEL SEM SENHA NA ÁREA DE MEDICINA
MEDICINA
CLINICA MEDICA                       CIRURGIA                      OBSTETRICA-GINECOLOGIA                     PEDIATRIA                      SAÚDE PUBLICA
TREINAMENTO
BANCO DE PROVAS EM CONTINUA EXPANSÃO, ATUALMENTE COM 3429 QUESTÕES OBJETIVAS, 30 QUESTÕES DISCURSIVAS E 31 CASOS CLINICOS, TODAS COM GABARITO COMENTADO
OBJETIVAS
                     DISCURSIVAS                     CASUISTICA                    PROVAS ANTERIORES                     SIMULADOR DE PROVA
UTILITÁRIOS
GLOSSARIO                              INDEX FARMACON                              ESCALA DE GLASGOW

DOENÇA ULCEROSA

Em relação ao Helicobacter pylori:

A. nos ulcerosos duodenais, a inflamação em geral restringe-se ao antro.
B. a produção de gastrina está baixa em conseqüência do processo inflamatório antral.
C. a mucosa do corpo encontra-se poupada e isto explica a produção elevada de ácido.
D. quando testes diagnástico são negativos, deve-se pensar em outras causas de ulcera péptica.
E. nenhuma das respostas acima

ANEMIAS

Explique o conceito de ERITRON, os componentes e a importância.

PHRS, 3 meses e 14 dias, pardo, natural de Brasília e procedente de São Sebastião, trazido pela mãe com queixa principal Febre e tosse há 7 dias. 

Mãe refere que o lactente iniciou quadro de febre (38,7º C a 39,4º C) há 7 dias, que melhorava com paracetamol. Associava-se ao quadro tosse produtiva e dispnéia. A mãe então procurou o centro de saúde de São Sebastião, onde foi medicado com sintomáticos e nebulização, posteriormente sendo encaminhado ao PS do HRAS. No momento negava quaisquer outros sintomas.

Criança nascida de parto normal, hospitalar, a termo (39 semanas), chorou ao nascer, APGAR 9/10.Peso: 3070g;    Estatura: 49 cm   PC: 35 cm.  Alta pós-parto: 48hs de vida, desenvolvimento neuropsicomotor adequado; aleitamento exclusivo, vacinação completa (conferido no cartão).
Reside em casa de alvenaria, 5 cômodos, 3 pessoas, água tratada, rede de esgoto e energia elétrica.Refere ter carpete em casa e cortinas de pano. Nega tabagismo em casa.

Exame físico: Criança REG, hipocorado (+/4+), acianótico, anictérico, hidratado, taquipneíco, afebril.  Peso: 6,5 Kg, cumprimento 61 cm.

ACV: RCR, 2T, BNF, sem sopros  FC: 124 bpm. AR: MV com estertores crepitantes em base pulmonar direita. Ausência de tiragem e batimento de asa de nariz. FR: 60 irpm 
ABD: globoso, flácido, RHA+, indolor a palpação, sem visceromegalias. 
Extremidades: boa perfusão, sem edema. Orofaringe: ausência de lesões, hiperemia ou placas de pus;

Genitália: masculina, sem alterações 
Neurológico: reflexos adequados a idade.

Radiografia de tórax:  Presença de condensação em lobo inferior direito, sem derrame pleural.

QUESTÕES:

1) Avaliam o desempenho estaturo-ponderal desta criança, segundo a tabela abaixo. Quais são as medidas necessarias? (0,3 p)


2) Qual é a suspeita diagnóstica, justificando seu raciocinio ? Qual é o agente etiologico mais frequente nesta faixa etária? (0,1 p)

3)  Baseando-se no seu diagnóstico proponha uma esquema terapeutica para esse caso. (0,1 p)