CARACTERÍSTICAS FARMACOLÓGICAS - HUMALOG

Descrição: A insulina lispro é um análogo da insulina humana derivada de ADN recombinante, uma droga de ação rápida na redução da glicose no sangue. Foi criada pela inversão dos aminoácidos nas posições 28 e 29 da cadeia B. Humalog consiste de cristais de insulina zíncica lispro dissolvidos em um líquido claro. Não foi adicionado ao Humalog nada que modifique a velocidade ou duração de sua ação.

Atividade antidiabética: A atividade primária da insulina, incluindo a insulina lispro, é a regulação do metabolismo de glicose. Além disso, todas as insulinas possuem diversas ações anabólicas e anticatabólicas sobre muitos tecidos do organismo. No músculo e outros tecidos (exceto o cérebro), a insulina causa um rápido transporte intracelular de glicose e aminoácidos, promove o anabolismo e inibe o catabolismo deproteínas. No fígado, a insulina promove a captação e o armazenamento da glicose em forma de glicogênio, inibe a gliconeogênese, e promove a conversão do excesso de glicose em gordura.

insulina lispro tem mostrado ser equipotente à insulina humana em base molar. Estudos realizados em voluntários normais e em pacientes com diabetes mostraram que a insulina lispro possui um início de ação e um pico mais rápidos e uma duração mais curta da atividade hipoglicemiante que a insulina humana regular. Uma unidade de insulina lispro tem o mesmo efeito de diminuir a taxa de glicose do que uma unidade de insulina regular humana, mas o efeito da insulina lispro é mais rápido e mais curto. O início mais rápido da atividade da insulina lispro, aproximadamente 15 minutos após a sua administração, está relacionado diretamente com a velocidade de absorção mais rápida. Isso permite que a insulina lispro seja administrada mais próxima a uma refeição (até 15 minutos antes) quando comparada com a insulina regular (30 a 45 minutos antes). Em casos especiais, a insulina lispro pode ser administrada imediatamente após a refeição. Ainsulina lispro exerce seu efeito rapidamente, com uma duração mais curta de sua atividade, até 5 horas. A velocidade de absorção da insulina lispro e conseqüentemente, o início de sua atividade, podem ser afetados pelo local de injeção e outras variáveis. A atividade hipoglicemiante da insulina lispro é comparável com a dainsulina regular humana quando administradas a voluntários normais por via intravenosa.

O início mais rápido da ação de Humalog e sua duração de ação mais curta comparados à insulina humana regular são mantidos em pacientes com insuficiência renal ou hepática.

Propriedades Farmacocinéticas: Absorção e Biodisponibilidade: A insulina lispro é tão biodisponível quanto a insulina regular humana, com uma taxa absoluta de biodisponibilidade entre 55%- 77%, inclusive com doses entre 0,1-0,2 U/kg. Estudos em voluntários normais e em pacientes com diabetes tipo 1 (insulino-dependentes), demonstraram que a insulina lispro é absorvida mais rapidamente do que a insulina regularhumana (U-100). A insulina lispro foi absorvida em uma velocidade consistentemente mais rápida do que ainsulina regular humana em voluntários sadios do sexo masculino, tomando 0,2 U/kg de insulina regularhumana ou insulina lispro nos tecidos subcutâneos abdominal, deltóide ou femoral, que são os três locais mais usados pelos diabéticos para aplicação de insulina. Após a administração abdominal de insulina lispro, os níveis séricos da droga são altos e a duração da ação é levemente menor que quando aplicada na região deltóide ou na coxa.

Distribuição: O volume de distribuição é idêntico ao da insulina regular humana, com uma taxa que varia de 0,26- 0,36l/kg.

Metabolismo: Estudos sobre o metabolismo humano não foram realizados. Porém, estudos em animais indicam que o metabolismo da insulina humana é idêntico ao da insulina regular humana.

Excreção: Quando a insulina lispro é administrada por via subcutânea, sua meia vida é bem mais curta, comparada à insulina regular humana (1 versus 1,5 horas, respectivamente). Quando administradas por via intravenosa, a insulina lispro e a regular humana mostraram excreção dose- dependente idênticas, com uma meia-vida de 26 e 52 minutos em 0,1 U/kg e 0,2 U/kg, respectivamente.

INDICAÇÕES - HUMALOG

Humalog é indicado no tratamento de pacientes com diabetes melito para controle da hiperglicemia.

CONTRA-INDICAÇÕES - HUMALOG

HUMALOG É CONTRA- INDICADO DURANTE EPISÓDIOS DE HIPOGLICEMIA E TAMBÉM AOS PACIENTES QUE APRESENTEM HIPERSENSIBILIDADE À INSULINA LISPRO OU A QUALQUER COMPONENTE DA FÓRMULA.

HUMALOG DIFERE DAS DEMAIS INSULINAS PORQUE TEM UMA ESTRUTURA ÚNICA, UM INÍCIO DE AÇÃO MUITO RÁPIDO E ATIVIDADE DE CURTA DURAÇÃO.

PACIENTES RECEBENDO HUMALOG PODERÃO REQUERER ALTERAÇÃO DA DOSE EM RELAÇÃO ÀS DOSES DE OUTRAS INSULINAS USADAS ANTERIORMENTE.

HIPOGLICEMIA - A HIPOGLICEMIA É A REAÇÃO ADVERSA MAIS COMUM QUE SE OBSERVA COM AS INSULINAS, INCLUINDO HUMALOG. OS PRIMEIROS SINTOMAS DE HIPOGLICEMIA PODEM SER DIFERENTES OU MENOS PRONUNCIADOS SOB CERTAS CONDIÇÕES, TAIS COMO LONGA DURAÇÃO DO DIABETES, CONTROLE INTENSIVO DO MESMO E USO DE MEDICAMENTOS.

PACIENTES CUJA GLICEMIA É MUITO MELHORADA, POR EX. POR INTENSIFICAÇÃO DA TERAPIA COM INSULINA, PODEM NÃO APRESENTAR ALGUNS OU TODOS OS SINTOMAS ALARMANTES DE HIPOGLICEMIA E DEVEM SER ADVERTIDOS SOBRE ESSA POSSIBILIDADE.

ALGUNS PACIENTES QUE APRESENTARAM REAÇÕES HIPOGLICÊMICAS APÓS A TRANSFERÊNCIA DE UMAINSULINA DE ORIGEM ANIMAL PARA UMA INSULINA HUMANA, RELATARAM QUE OS SINTOMAS ALARMANTES PRECOCES DE HIPOGLICEMIA FORAM MENOS PRONUNCIADOS OU DIFERENTES DOS EXPERIMENTADOS COM SUAS INSULINAS PRÉVIAS. A NÃO CORREÇÃO DAS REAÇÕES HIPOGLICÊMICAS OU HIPERGLICÊMICAS PODE CAUSAR PERDA DA CONSCIÊNCIA, COMA OU MORTE.

A UTILIZAÇÃO DE DOSES INADEQUADAS OU A INTERRUPÇÃO DO TRATAMENTO, ESPECIALMENTE EM DIABÉTICOS INSULINO- DEPENDENTES, PODEM LEVAR À HIPERGLICEMIA E CETOACIDOSE DIABÉTICA; CONDIÇÕES QUE SÃO POTENCIALMENTE LETAIS.

ALTERAÇÃO NA TERAPIA COM INSULINA - QUALQUER MUDANÇA DE INSULINA DEVE SER FEITA CAUTELOSAMENTE E SOMENTE SOB SUPERVISÃO MÉDICA. ALTERAÇÕES NA CONCENTRAÇÃO, TIPO (REGULAR, NPH, LENTA, ETC.), ESPÉCIE (animal, HUMANA) E/OU MÉTODO DE FABRICAÇÃO (INSULINA DERIVADA DE ADN RECOMBINANTE VERSUS ANIMAL) PODEM RESULTAR NA NECESSIDADE DE UMA ALTERAÇÃO NA DOSE PRESCRITA DE HUMALOG.

DOENÇAS OU ALTERAÇÕES EMOCIONAIS - AS NECESSIDADES DE HUMALOG PODEM AUMENTAR DURANTE UMA DOENÇA OU ALTERAÇÕES EMOCIONAIS.

INSUFICIÊNCIA RENAL OU HEPÁTICA - NA PRESENÇA DE INSUFICIÊNCIA RENAL OU HEPÁTICA, AS NECESSIDADES DE INSULINA PODEM DIMINUIR.

MUDANÇA NAS ATIVIDADES OU NA DIETA - PODERÁ SER NECESSÁRIO UM AJUSTE DA DOSE SE OS PACIENTES AUMENTAREM SUA ATIVIDADE FÍSICA OU MUDAREM A DIETA USUAL.

CARCINOGÊNESE, MUTAGÊNESE E DANOS À FERTILIDADE - COMO OCORRE COM A INSULINA HUMANA, ESTUDOS EM ANIMAIS REALIZADOS COM HUMALOG, COM UM ANO DE DURAÇÃO, NÃO PRODUZIRAM EFEITOS PROLIFERATIVOS OU TUMORES NOS ÓRGÃOS E TECIDOS, QUANDO DOSES SUBCUTÂNEAS MUITO ALTAS FORAM ADMINISTRADAS NOS TESTES DE TOXICIDADE CRÔNICA. NOS ESTUDOS EM ANIMAIS, NÃO HOUVE EVIDÊNCIA DE DANOS À FERTILIDADE INDUZIDOS PELO HUMALOG.

USO DURANTE A GRAVIDEZ E AMAMENTAÇÃO (CATEGORIA B) A EXPERIÊNCIA DE ESTUDOS CLÍNICOS EM PACIENTES GESTANTES É LIMITADA. É FUNDAMENTAL MANTER UM CONTROLE ADEQUADO DA PACIENTE TRATADA COM HUMALOG DURANTE TODA GRAVIDEZ. AS NECESSIDADES DE INSULINA GERALMENTE DIMINUEM DURANTE O PRIMEIRO TRIMESTRE E AUMENTAM DURANTE O SEGUNDO E TERCEIRO TRIMESTRES. AS PACIENTES DEVEM INFORMAR O MÉDICO SE ESTIVEREM GRÁVIDAS OU SE PRETENDEM ENGRAVIDAR. AQUELAS QUE ESTIVEREM AMAMENTANDO, PODEM NECESSITAR AJUSTES DE DOSES, DE DIETA OU AMBOS. MUITAS DROGAS, INCLUINDO A INSULINA HUMANA, SÃO EXCRETADAS NO LEITE HUMANO; PORÉM NÃO SE SABE SE HUMALOG É EXCRETADO NO LEITE HUMANO EM QUANTIDADES SIGNIFICATIVAS.

EFEITOS SOBRE A CAPACIDADE DE DIRIGIR E OPERAR MAQUINÁRIO - NÃO HÁ NENHUM EFEITO CONHECIDO SOBRE A CAPACIDADE DE DIRIGIR AUTOMÓVEIS OU DE OPERAR MAQUINÁRIO, QUANDO SE UTILIZA A DOSE TERAPÊUTICA CORRETA DE INSULINA. A CAPACIDADE DE CONCENTRAÇÃO E REAÇÃO DO PACIENTE PODE ESTAR PREJUDICADA COMO UM RESULTADO DE HIPOGLICEMIA. ISSO PODE CONSTITUIR UM RISCO EM SITUAÇÕES ONDE ESSAS HABILIDADES SÃO DE ESPECIAL IMPORTÂNCIA ( POR EXEMPLO, DIRIGIR AUTOMÓVEL OU OPERAR MAQUINÁRIO). OS PACIENTES DEVEM SER AVISADOS PARA TOMAREM CUIDADO E EVITAR AHIPOGLICEMIA ENQUANTO DIRIGEM, ISSO É PARTICULARMENTE IMPORTANTE PARA OS QUE TÊM SINAISALARMANTES DE HIPOGLICEMIA REDUZIDOS OU AUSENTES OU TÊM EPISÓDIOS FREQÜENTES DEHIPOGLICEMIA. NESSAS CIRCUNSTÂNCIAS, DEVE-SE CONSIDERAR A POSSIBILIDADE DE NÃO DIRIGIR.

USO EM IDOSOS, CRIANÇAS E OUTROS GRUPOS DE RISCO - HUMALOG

USO EM IDOSOS: DE UM NÚMERO TOTAL DE PACIENTES (N=2834) EM OITO ESTUDOS CLÍNICOS DEHUMALOG, 12% (N=338) TINHAM 65 ANOS OU MAIS. A MAIORIA DELES ERAM PACIENTES TIPO 2. OS VALORES DE HBA1C E TAXAS DE HIPOGLICEMIA NÃO DIFEREM COM A IDADE. ESTUDOS DE FARMACOCINÉTICA/FARMACODINÂMICA PARA VERIFICAR O EFEITO DA IDADE NA AÇÃO DE HUMALOG NÃO FORAM REALIZADOS.

USO EM CRIANÇAS EM UM ESTUDO CRUZADO DE 9 MESES COM CRIANÇAS PRÉ- PÚBERES (N=60), DE 3 A 11 ANOS, CONTROLE GLICÊMICO COMPARÁVEL COMO MEDIDO PELA HBA1C FOI ALCANÇADO INDEPENDENTE DO GRUPO DE TRATAMENTO: INSULINA HUMANA REGULAR 30 MINUTOS ANTES DAS REFEIÇÕES 8,4%, HUMALOGIMEDIATAMENTE ANTES DAS REFEIÇÕES 8,4%, HUMALOG IMEDIATAMENTE APÓS AS REFEIÇÕES 8,5%. EM UM ESTUDO CRUZADO DE 8 MESES DE ADOLESCENTES (N=463), DE 9 A 19 ANOS, CONTROLE GLICÊMICO COMPARÁVEL COMO MEDIDO PELA HBA1C FOI ALCANÇADO INDEPENDENTE DO GRUPO DE TRATAMENTO;INSULINA HUMANA REGULAR 30 A 45 MINUTOS ANTES DAS REFEIÇÕES 8,7% E HUMALOG IMEDIATAMENTE ANTES DAS REFEIÇÕES 8,7%. A INCIDÊNCIA DE HIPOGLICEMIA FOI SIMILAR NOS TRÊS REGIMES DE TRATAMENTO. AJUSTE DA INSULINA BASAL PODE SER REQUERIDO.

PACIENTES COM INSUFICIÊNCIA RENAL ALGUNS ESTUDOS COM INSULINA HUMANA MOSTRARAM NÍVEIS AUMENTADOS DE INSULINA CIRCULANTE EM PACIENTES COM INSUFICIÊNCIA RENAL. EM UM ESTUDO DE 25 PACIENTES COM DIABETES TIPO 2 E UMA AMPLA VARIAÇÃO DA FUNÇÃO RENAL, AS DIFERENÇAS FARMACOCINÉTICAS ENTRE HUMALOG E INSULINA HUMANA REGULAR FORAM GERALMENTE MANTIDAS. ENTRETANTO, A SENSIBILIDADE DOS PACIENTES À INSULINA MUDOU, COM UMA RESPOSTA AUMENTADA ÀINSULINA COM A DIMINUIÇÃO DA FUNÇÃO RENAL. MONITORAÇÃO CUIDADOSA DA GLICOSE E AJUSTES DE DOSE DE INSULINA, INCLUINDO HUMALOG, PODEM SER NECESSÁRIAS EM PACIENTES COM DISFUNÇÃORENAL.

PACIENTES COM INSUFICIÊNCIA HEPÁTICA ALGUNS ESTUDOS COM INSULINA HUMANA MOSTRARAM NÍVEIS AUMENTADOS DE INSULINA CIRCULANTE EM PACIENTES COM INSUFICIÊNCIA HEPÁTICA. EM UM ESTUDO DE 22 PACIENTES COM DIABETES TIPO 2, A FUNÇÃO HEPÁTICA PREJUDICADA NÃO AFETOU A ABSORÇÃO SUBCUTÂNEA OU A DISPOSIÇÃO GERAL DO HUMALOG QUANDO COMPARADO A PACIENTES SEM HISTÓRIA DE DISFUNÇÃO HEPÁTICA. NAQUELE ESTUDO, HUMALOG MANTEVE SUA ABSORÇÃO E ELIMINAÇÃO MAIS RÁPIDAS QUANDO COMPARADA À INSULINA HUMANA REGULAR. MONITORAÇÃO CUIDADOSA DA GLICOSE E AJUSTES DE DOSE DE INSULINA, INCLUINDO HUMALOG, PODEM SER NECESSÁRIAS EM PACIENTES COM DISFUNÇÃO HEPÁTICA.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS - HUMALOG

AS NECESSIDADES DE INSULINA PODEM SER AUMENTADAS POR DROGAS COM ATIVIDADE HIPERGLICEMIANTE, TAIS COMO OS ANTICONCEPCIONAIS ORAIS, OS CORTICOSTERÓIDES OU TERAPIA DE REPOSIÇÃO TIROIDEANA. PODEM SER REDUZIDAS POR DROGAS COM ATIVIDADE HIPOGLICEMIANTE, TAIS COMOHIPOGLICEMIANTES ORAIS, SALICILATOS, ANTIBIÓTICOS DO TIPO SULFA , ALGUNS ANTIDEPRESSIVOS (INIBIDORES DA MAO), CERTOS INIBIDORES DAS ENZIMAS CONVERSORAS DE ANGIOTENSINA, BLOQUEADORES BETA- ADRENÉRGICOS, INIBIDORES DA FUNÇÃO PANCREÁTICA E ÁLCOOL. BLOQUEADORES BETA-ADRENÉRGICOS PODEM MASCARAR OS SINTOMAS DE HIPOGLICEMIA EM ALGUNS PACIENTES.

EM PACIENTES COM DIABETES TIPO 2 USANDO AS DOSES MÁXIMAS DE SULFONILURÉIAS, OS ESTUDOS MOSTRARAM QUE A ADIÇÃO DE INSULINA LISPRO REDUZ SIGNIFICANTEMENTE A HbA1c COMPARADO COM PACIENTES QUE CONTINUARAM O TRATAMENTO SÓ COM SULFONILURÉIA.

INFORMAR AO MÉDICO O USO DE OUTRAS DROGAS ALÉM DA INSULINA LISPRO.

NÃO FORAM ESTUDADOS OS EFEITOS DA MISTURA DE INSULINA LISPRO COM INSULINAS DE ORIGEM ANIMAL.

REAÇÕES ADVERSAS A MEDICAMENTOS

ESTUDOS CLÍNICOS COMPARANDO A INSULINA LISPRO COM A INSULINA REGULAR HUMANA NÃO DEMONSTRARAM DIFERENÇAS NA FREQUÊNCIA DE EVENTOS ADVERSOS ENTRE AMBOS OS TRATAMENTOS.

DADOS DE ESTUDOS CLÍNICOS - AS REAÇÕES ADVERSAS COMUMENTE ASSOCIADAS COM INSULINA INCLUEM:

ORGANISMO COMO UM TODO: REAÇÕES ALÉRGICAS.

PELE E ESTRUTURAS: REAÇÃO NO LOCAL DA INJEÇÃOLIPODISTROFIAPRURIDO E ERUPÇÃO CUTÂNEA. AALERGIA LOCAL COMO VERMELHIDÃO, INCHAÇO OU PRURIDO PODE OCORRER NO LOCAL DA INJEÇÃO. ESTAS REAÇÕES MENORES GERALMENTE DESAPARECEM EM POUCOS DIAS OU SEMANAS. EM ALGUNS CASOS, ESTAS REAÇÕES PODEM ESTAR RELACIONADAS A OUTROS FATORES, TAIS COMO IRRITAÇÃO CAUSADA POR SUBSTÂNCIAS PARA LIMPEZA DA PELE OU TÉCNICAS INADEQUADAS DE INJEÇÃO.

ALERGIA SISTÊMICA É MENOS COMUM, MAS É POTENCIALMENTE MAIS GRAVE. A ALERGIA GENERALIZADA ÀINSULINA PODE CAUSAR ERUPÇÃO EM TODO O CORPO, DISPNÉIA, CHIADO, QUEDA NA PRESSÃO SANGUÍNEA, PULSO ACELERADO OU SUDORESE. CASOS GRAVES DE ALERGIA GENERALIZADA PODEM CAUSAR RISCO DE VIDA.

OUTROS: HIPOGLICEMIA. A HIPOGLICEMIA É UMA DAS REAÇÕES ADVERSAS MAIS FREQÜENTES DA TERAPIA COM INSULINAS, EXPERIMENTADAS PELOS PACIENTES COM DIABETES. A HIPOGLICEMIA GRAVE PODE LEVAR À PERDA DA CONSCIÊNCIA E, EM CASOS EXTREMOS, À MORTE (VER ADVERTÊNCIAS).

SUPERDOSE - HUMALOG

Sinais e sintomas : A superdose ocasiona hipoglicemia, acompanhada por sintomas que incluem apatia, confusão, palpitaçõessudoresevômitos e cefaléia.

Tratamento: A hipoglicemia pode ocorrer como resultado de um excesso de Humalog em relação à ingestão de alimentos, ao gasto energético, ou ambos. Os episódios leves de hipoglicemia geralmente podem ser tratados com glicose oral.

Podem ser necessários ajustes na dose da droga, dieta alimentar ou exercícios físicos. Episódios mais graves com convulsões e coma podem ser tratados com glucagon via intramuscular/subcutânea ou com glicoseconcentrada via intravenosa. Pode ser necessária uma ingestão contínua de carboidratos e observação, uma vez que a hipoglicemia pode recorrer após uma aparente recuperação clínica.

ARMAZENAGEM - HUMALOG

Os frascos e refis de Humalog devem ser armazenados em um refrigerador (de 2 a 8°C), mas não no congelador. Nestas condições o prazo de validade é de 2 anos. Se a refrigeração não for possível, o frasco EM USO pode ficar fora da geladeira por até 28 dias, desde que mantido em local o mais fresco possível (abaixo de 30ºC) e longe do calor direto e luz. Os refis de Humalog devem ser armazenados em um refrigerador, mas não no congelador. Nestas condições o prazo de validade é de 2 anos. A caneta e o refil EM USO devem ser mantidos fora da geladeira, em local o mais fresco possível (abaixo de 30°C), longe do calor e da luz direta. Os frascos e refis não refrigerados, devem ser descartados após 28 dias, mesmo se ainda contiverem produto.