PROVA ONLINE
(EXPERIMENTAL)

SAIR

PARTE OBJETIVA

MEDICINA INTERNA (10 QUESTÕES)

1) A patogenia da esquistossomiase é causada por:

A. penetração ativa em pele e mucosas
B. reações imunológicas determinadas pelos ovos
C. hemólise induzida pelas toxinas do parasita
D. formação de granulomas pulmonares
E. necrose hepatica parcelar causada pela hipertensão portal

    

 

2) A causa mais frequente de hiperaldosteronismo primário é:

A. o adenoma produtor de aldosterona responsivo à angiotensina
B. o carcinoma produtor de aldosterona
C. a hiperplasia adrenal primária
D. tumores com secreção ectopica de adosterona
E. os adenomas produtores de aldosterona

    

 

3) Indique a afirmação CORRETA:

A. a forma mais frequente de leptospirose é a forma ictero-hemorragica
B. a meningite com leptospira é rara e geralmente aparece em HIV positivos
C. na forma ictero-hemorragica de leptospirose persistem altos níveis de transaminases, o que indica hepatólise
D. a leptospirose é uma doença de notificação compulsória imediata
E. a leptospirose é considerada uma doença ocupacional

    

 

4) A síndrome relacionado á anemia falcêmica, cuja evolução é benigna na infância, mas com alto risco letal na idade adulta é:

A. a síndrome toracica aguda
B. o sequêstro hepático
C. a suprainfecção com parvovirus B19
D. a auto-esplenectomia
E. os acidentes vasculares cerebrais

    

 

5) Em quais das etapas da história natural da AIDS ocorre replicação ativa do virus HIV:

A. Transmissão viral
B. Soroconversão
C. Infecção crônica assintomática
D. Infecção sintomática (AIDS)
E. todas acima enumeradas

    

 

6) A successividade CORRETA do potencial de ação da fibra miocardica é:

A. pequena e rápida repolarização, rápida despolarização, fase de platô, potencial de repouso
B. potencial de repouso, fase de platô, pequena e rápida repolarização, rápida repolarização, rápida despolarização
C. potencial de repouso, rápida despolarização, fase de platô, pequena e rápida repolarização, rápida repolarização
D. rápida despolarização, fase de platô, pequena e rápida repolarização, potencial de repouso, rápida repolarização
E. potencial de repouso, rápida despolarização, pequena e rápida repolarização, fase de platô, rápida repolarização

    

 

7) Qual quadro de antecedentes pessoais pode ajudar no diagnóstico de uma coma cetoacidotica?

A. poliúria, perda ponderal, náuseas, vômitos, dor abdominal, diarréia.
B. anorexia, vômitos, apatia, hipotermia, hipotensão, sinais de choque, perda ponderal
C. febre alta e disfunção dos sistemas cardiovascular, nervoso e gastrointestinal
D. dor no hipocondro direito, perda de peso, esteatorreia e sintomas de má-absorção
E. errupção cutânea, artralgias, ceratoconjuntivite seca

    

 

8) Indivíduos com virus da hepatite viral C (HCV) positivos podem doar:

A. sangue
B. órgãos
C. tecidos
D. sêmen
E. nenhuma das acima enumeradas

    

 

9) A saturação da transferrina está baixa sem existir carência de ferro em caso de:

A. anemia falciforme
B. poliartrite reumatóide
C. linfoma de Hodgkin
D. pacientes hemodialisados
E. gestantes

    

 

10) São hemoglobinas mutantes:

A. hemoglobina A2 e a hemoglobina F
B. hemoglobina Gower e hemoglobina S
C. hemoglobina C e hemoglobina S
D. hemoglobina A2 e hemoglobina C
E. hemoglobina C e hemoglobina A

    

 

CIRURGIA (10 QUESTÕES)

11) Quais das seguintes situações tem forte indicação de cirurgia valvular mitral em caso de insuficiência valvular:

A. átrio esquerdo de tamanho aumentado
B. FE ventricular esquerda for menor do que 60%
C. surgimento das linhas Kerley B na radiografia de torax
D. coexistência de fibrilação atrial cronica
E. o DDF (diametro diastolico final) do ventrículo esquerdo for maior do que 25 mm

    

 

12) Indica a definição CORRETA do ligamento de Treitz:

A. arcada conjuntiva que faz trajeto pelo inteiro mesentério
B. uma formação conjuntiva que forma uma limíte demarcatória entre o jejuno e o íleo
C. dobra peritoneal que ancora o ângulo duodenojejunal
D. dobras transversas (plicas circulares), que são proeminentes no interior do duodeno distai e no jejuno
E. a camada mais externa do intestino delgado que consiste numa extensão do peritônio visceral

    

 

13) Não pertence ao sistema venoso superficial:

A. poplitea interna
B. veia plantar medial
C. safena acessoria lateral
D. safena acessoria medial
E. safena magna

    

 

14) Demarca os limites microscópicos para o carcinoma gástrico invasivo e não-invasivo a camada:

A. a muscular própria da mucosa
B. a rede linfatica subpílorica
C. a camada média de múscuIo liso
D. a submucosa
E. o peritônio, que, no caso do estomago constitui a serosa do orgão

    

 

15) O setimo par de costelas:

A. são costelas verdadeiras
B. não articulam-se com o esterno
C. conectam-se com a cartilagem costal acima delas
D. podem ser costelas pequenas ou grandes
E. não têm diáfise

    

 

16) A intubação é indicada quando há um escore de Glasgow de:

A. 8
B. 9
C. 10
D. 11
E. 12

    

 

17) Assinale a opção CORRETA sobre a doença de Crohn:

A. a doença acarreta uma inflamação transmural que se caracteriza por múltiplos agregados linfóides, que espessam e expandem a submucosa
B. uma característica microscópica sentinela da doença é a presença de granulomas caseosos.
C. os granulomas caseosos quando presentes é patognomônico da doença de Crohn.
D. os granulomas caseosos quando presentes além de patognomônico, indicam atividade da doença
E. o acometimento do cólon transverso e do cólon descendente é o padrão mais comum da doença de Crohn.

    

 

18) Estes receptores são membros da família dos receptores clássicos da proteína G-acoplados ao envoltório transmembrana-7, EXCETO:

A. CCK - A
B. CCK - B
C. o subtipo M3 da família dos receptores muscarínicos
D. os receptores da histamina
E. os receptores da somatostatina

    

 

19) O choque primário do grande queimado deve-se a:

A. distúrbio do centro termorregulador
B. hemorragia tecidual
C. desequilíbrio hidrossalino
D. seqüestração de plasma
E. hemolise termica

    

 

20) O tumor maligno mais comum na parede torácica, sendo responsável por 20% de todos os tumores ósseos:

A. osteossarcoma
B. sarcoma de Ewing
C. condrossarcoma
D. plasmocitoma solitário
E. sarcoma osteogênico

    

 

PEDIATRIA (10 QUESTÕES)

21) Qual das alternativas abaixo não é uma característica física dos pacientes com talassemia maior?

A. fronte ampla
B. esplenomegalia
C. esclera ictérica
D. encurvamento da tíbia
E. déficit de crescimento

    

 

22) Os seguintes são sinais ou sintomas de hipertireoidismo, exceto:

A. atraso dos reflexos tendinosos profundos
B. nervosismo
C. fadiga
D. palpitação
E. polifagia

    

 

23) Um infante de 9 meses de idade sofreu uma exacerbação de uma erupção no mês anterior à consulta. Sua mãe afirma que a criança está muito irritada e apresentando fezes soltas. Ela tem aplicado hidrocortisona com mínima melhora. No exame, há descamação eritematosa e placas erosadas nas bochechas, ao redor da boca, no abdome inferior, na região das fraldas e sobre as mãos e pés.

Uma informação útil diz respeito à:

A. se houve alguma mudança na dieta
B. se há novos animais de estimação na casa
C. se há contatos doentes
D. se a criança frequenta uma creche
E. se a família está usando um novo detergente de roupas

    

 

24) Um adolescente de 13 anos de idade é conduzido ao Posto da Saúde, apresentando um ferimento superficial no membro superior direito, provocado por uma queda de bicicleta. O cartão de vacinação apresentado pelo paciente confirma as vacinas: BCG com 15 dias de vida, tríplice e Sabin com 2, 4, 6 a 15 meses de idade e sarampo aos 9 meses de idade. Em virtude deste ferimento, a prevenção do tétano deve ser feita com:

A. soro antitetânico
B. vacina dupla tipo adulta (dT)
C. vacina tríplice (DPT) + soro antitetânico (SAT)
D. vacina dupla tipo adulta (dT) + soro antitetânico (SAT)
E. todas as alternativas são erradas

    

 

25) Lactente de seis meses, sexo masculino, é trazido à emergência por sua mãe que relata que há 12 horas seu filho está irritado, mamando menos, pálido e suando muito. Não há relato de febre ou qualquer sinal de infecção. Exame físico: afebril, sugando a chupeta com ansiedade, pálido, irritado, FC: 250 bpm, pulsos palpáveis, FR: 60 irpm, PA: 90 x 50 mmHg, com boa entrada de ar nos pulmões, saturação de O2: 100% em ar ambiente. O monitor cardíaco evidencia complexos QRS estreitos com ausência de onda P. Após paciente ser colocado em oxigenioterapia, a droga de escolha a ser utilizada na reversão desse quadro é:

A. atropina
B. lidocaína
C. verapamil
D. adenosina
E. sulfato de magnésio

    

 

26) A freqüência cardíaca do recém-nascido após 12 hs de vida é de:

A. 120 a 140 bpm
B. 140 a 160 bpm
C. 160 a 180 bpm
D. 180 a 200 bpm
E. 200 a 220 bpm

    

 

27) Diante de um paciente de 1 ano e 8 meses com diagnóstico de pneumonia e derrame pleural caracterizado como empiema, a conduta mais adequada é:

A. drenagem pleural fechada e antibioticoterapia
B. punção esvaziadora da pleura e antibioticoterapia
C. antibioticoterapia com cobertura para Pneumococo, estafilococo e Haemophilus
D. limpeza cirúrgica da pleura e antibioticoterapia
E. pleurodese e antibioticoterapia

    

 

28) O tratamento com hidrocortisona NÃO está indicado no choque séptico das crianças com:

A. resistência á catecolaminas
B. risco de insuficiência adrenal
C. púrpura fulminans
D. suspeita de síndrome de Waterhouse-Friedrichson
E. comprometimento imunológico

    

 

29) Muitas escolas defendem uma política "livre de lêndeas" ao avaliar se os alunos podem retornar à escola. O problema com esta política é:

A. as lêndeas representam os sacos dos ovos e nunca indicam uma infestação ativa
B. esta política requer que todas as crianças cortem seus cabelos curtos
C. lêndeas localizadas a menos de 7,5 cm do couro cabeludo são vazias
D. lêndeas que não contêm um organismo vivo não são infecciosas
E. lêndeas somente podem ser observadas microscopicamente

    

 

30) Lactente de 2 meses, nascido de parto normal, a termo, com peso adequado para a idade gestacional. Apresenta quadro de tosse há 3 semanas, com gemência e inapetência há 3 dias. Nega febre durante todo período de doença. Ao exame tísico encontra-se em BEG, afebril, FR 56 irpm, FC 120 bpm. Otoscopia: membranas timpânicas com hiperemia bilateral e brilho preservado. Ausculta pulmonar com murmúrio vesicular presente bilateral com estertores subcreptantes disseminados. A radiografia simples de tórax observa-se opacidade heterogenia no lobo superior direito. O agente etiológico mais provável para este quadro é:

A. Streptococcus pneumoniae
B. Chlamydia trachomatis
C. Mycoplasma pneumoniae
D. Lysteria monocytogenes
E. Haemophylus influenzae tipo A

    

 

OBSTETRICIA GINECOLOGIA (10 QUESTÕES)

31) Ovário palpável a uma pessoa a menopausa significa:

A. ovário policistico
B. neoplasia ovariána
C. terapia de reposição hormonal em curso
D. hiperfunção adrenal
E. ooforite autoimune

    

 

32) Sobre o crescimento intrauterino retardado (CIUR) e CORRETO afirmar:

A. praticamente, é impossível diagnosticar o crescimento intrauterino retardado durante a gestação
B. a diminuição dos movimentos fetáis representa um sinal de alarme que sugere um sofrimento fetal
C. um raporto maior que 1 entre a circunferência craniana e abdominal medidas pela ultrassonografia e considerado normal
D. o consumo de algumas drogas drogas (heroína, metadona, metotrexate, difenilhidantoina, dicumarínicos e tetraciclinas) pode causar CIUR tipo II
E. no CIUR tipo intermediario o fator etiológico atua na fase hiperplasica

    

 

33) O abortamento já esta considerado inevitável se encontrar:

A. sangramento vaginal, sangue de cor viva ou escura, dores abdominais
B. sangramento, saco gestacional baixo e colo entreaberto
C. febre de 38 graus, secreção fetida, coagulos escuros
D. perda involuntária de urina, colo uterino sangrando, febre alta
E. hipotensão, sangramento, febre e colica hipogástrica

    

 

34) Em relação à utilização da pílula anticoncepcional, todas as afirmativas estão corretas, exceto:

A. Reduz a incidência de câncer de ovário
B. Reduz a incidência de câncer de endométrio
C. Reduz a incidência de câncer de mama
D. Reduz a incidência de cistos ovarianos
E. Reduz a incidência de artrite reumatóide

    

 

35) Indica a definição da incontinência urinaria verdadeira:

A. incontinência com sensação de emergência (urgência) no caso de uma vesícula estável
B. o detrusor vesical tem contrações involuntários, que não podem ser inibidas voluntariamente.
C. perda de urina devida ao aumento da pressão intra-abdominal, sem a intervenção do músculo detrusor
D. retenção urinaria com sobrecarga subseqüente
E. incontinência devida ao mecanismo uretral esfincterian desviado (tipo fistulas, ureteras ectópicas, divertículos uretrais)

    

 

36) A septicemia pós-aborto com estes germes e muitas vezes fatal - o choque séptico (um choque endotoxinico) resulta pela ação de uma endotoxina membranar que ataca os pulmões, os rins, o fígado. A endotoxina tem ação simpática, aumentando o nível de catecolaminas. A descrição pertence ás septicemias com:

A. etiologia estreptococica
B. etilogia stafilococica
C. Clostridium perfringens
D. Borrelia
E. germes gram-negativos

    

 

37) Uma grávida está sendo considerada em trabalho de parto se as seguintes condiçoes forem cumpridas:

I) existem contrações uterinas ritmicas cuja frequência e pelo menos 2-5 em 10 minutos
II) quando as contrações Braxton-Hicks viram percebíveis e doloridas
III) os movimentos uterinos podem produzir dilatação do orifício do colo
IV) a pressão intrauterina passa de 50 mm Hg

São verdadeiras:

A. apenas I, II e III
B. apenas I e II
C. apenas I e III
D. apenas II e III
E. apenas II e IV

    

 

38) A noção de restrição de crescimento intrauterino não está relacionada com:

A. peso do feto
B. cumprimento do feto
C. idade gestacional
D. circunferência craniana
E. circunferência abdominal

    

 

39) Carácteres da hemorragia da gestação molar:

A. sangramento vaginal com sangue de cor viva ou escura, dores abdominais e colica
B. hemorragia que volta depois três dias dum aborto hemostático/biótico
C. metrorragia pouco abundante, de cor preto (cor da chocolate) chamada, também, de hemorragia destilante do Pozzi
D. hemorragias espontâneas, caprichosas, sangue vermelho, mais ou menos estriado de coágulos
E. sangue escuro, fetido, com pús ou bolhas de ar ou fragmentos de tecido

    

 

40) A função endócrina estrogênica pode aumentar na mulher em menopausa:

A. quando há obesidade
B. caso de secreção ectopica do adenocarcinoma pulmonar
C. quando há hipotireoidia
D. quando é ainda presente um dispositivo intra-uterino (DIU)
E. quando há atrofia suprarrenal

    

 

 

SAUDE PUBLICA (10 QUESTÕES)

41) A Constituição Brasileira de 1988, em relação à saúde estabeleceu que:

A. a saúde é direito de todos e dever do Estado, sendo que a base do Sistema Único de Saúde (SUS) é representada pela integração das ações e serviços públicos de saúde numa rede regionalizada e hierarquizada;
B. a saúde é direito de todos os trabalhadores e dever do Estado, sendo que a base do SUS é representada pela integração de uma rede centralizada coordenada pelo Ministério da Saúde e Secretarias Estaduais de Saúde;
C. a saúde é direito de todos os trabalhadores registrados ou não, e dever do Estado, sendo que a base do SUS é representada pela integração de uma rede centralizada coordenada pelas Secretarias Estaduais de Saúde;
D. a saúde é direito de todos e dever do Estado desde que existam recursos orçamentários previstos nas esferas federal, estadual e municipal, sendo que a base do SUS é representada pela rede municipalizada de saúde hierarquizada a nível de estados;
E. a saúde é direito de todos e dever do Estado, sendo que a base do SUS é representada pela união dos recursos do governo federal, de estados e de municípios.

    

 

42) O sistema de informação de saúde de um grande município evidencia um aumento de mortes, por ano, de condutores de motocicletas que trabalham na entrega dos mais variados produtos em tempo reduzido, os conhecidos “motoboys”. Assinale a alternativa correta:

A. Trata-se de um problema de saúde pública, cujo controle depende de medidas conjuntas, envolvendo, pelo menos, as regras de trânsito urbano e o processo de trabalho en remuneração dos “motoboys”.
B. A exigência de rapidez nas entregas de produtos é natural de uma sociedade moderna e a estratégia para a eliminação das mortes é a informação dos perigos do trânsito dirigida aos “motoboys”.
C. O desrespeito dos “motoboys” às regras de trânsito é consensual e a solução é simples e indiscutível: construção de uma faixa exclusiva para eles.
D. Trata-se de um problema exclusivamente de esfera federal, pois é o resultado de relações trabalhistas dos “motoboys”, que recebem por entrega que fazem.
E. Embora seja um problema alarmante, deve-se priorizar outras mortes evitáveis, tais como as de crianças com doenças infecciosas.

    

 

43) Na ausencia do documento de identidade de um falecido o medico tem a obrigação de:

A. Preencher os dados de identificação com "sujeito desconhecido"
B. pedir o transporte do cadaver ao serviço de verificação do obito
C. pedir o transporte do cadaver instituto medico-legal mais proximo
D. depor o corpo no necroterio ate a identificação dele seja feita para um familial
E. pedir ao autoridade policial realizar a identificação do cadaver

    

 

44) Ê doença de notificação compulsória. EXCETO.

A. dengue
B. hanseniase
C. meningite
D. esquistossomose
E. AIDS

    

 

45) O modelo da história natural das doenças (HND) é um esquema concebido em função do grau de conhecimento da história natural de cada doença, definindo três níveis de prevenção: primária, secundária e terciária. A cada um deles correspondem medidas preventivas, visando o controle individual ou coletivo da doença. Considerando sua aplicação para a AIDS é CORRETO afirmar que:

A. o tratamento específico e o uso de preservativos são consideradas as principais medidas de prevenção primária disponíveis
B. as medidas aplicáveis a profissionais do sexo e usuários de drogas devem ser consideradas como de prevenção secundária, face ao alto grau de infecção nesses grupos
C. a baixa adesão dos doentes ao tratamento com anti-retrovirais inviabiliza essa medida como estratégia de prevenção primária
D. são consideradas medidas de prevenção secundária o acompanhamento de portadores de AIDS em ambulatório geral ou o tratamento em serviço especializado
E. ações educativas visando ampliar o conhecimento em relação aos mecanismos de transmissão da AIDS e formas de evitar o contágio, para o público geral, não são consideradas de prevenção primária

    

 

46) Os estudos transversais tipo inquerito têm as seguintes vantágens:

I) são fáceis, rápidos e baratos
II) são fontes de suspeitas melhores que os estudos ecologicos
III) possibilidade de avaliar a successão causa-efeito
IV) possibilidade de estabelecer causalidade

São verdadeiras:

A. I,II, III, IV
B. I, II, III
C. I e II
D. I e III
E. I, II e IV

    

 

47) A organização da atenção básica tem como fundamento os seguintes princípios:

A. integralidade da assistência, parceria com a iniciativa privada e participação social.
B. intersetorialidade, integralidade da assistência e resolutividade.
C. humanização, universalidade e parceria com o legislativo.
D. parceria com entidades religiosas, integralidade da assistência e resolutividade.
E. eqüidade, universalidade e parceria com associações sem fins lucrativos

    

 

48) Das informações abaixo, a mais útil. sob o aspecto epidemiológico, para a tentativa de identificar possíveis fontes de infecção, é a:

A. data da primeira visita ao médico
B. data do inicio dos sintomas
C. data do diagnóstico
D. data da notificação do caso
E. data da confirmação do caso

    

 

49) Em relação à participação da comunidade no SUS, pode-se afirmar que a legislação vigente:

A. Prevê a participação somente dos usuários do SUS.
B. Prevê somente a participação dos usuários do SUS e dos representantes dos poderes públicos.
C. Não contempla a representação dos profissionais de saúde
D. Determina que os Conselhos de Saúde constituam a instância de participação da comunidade.
E. N.R.A.

    

 

50) O risco atribuível mede:

A. incidência da doença atribuível à exposição
B. a exposição a um fator de risco
C. a probabilidade de uma pessoa exposta a um fator de risco adoecer
D. incidência de uma doença em uma população
E. o risco de adoecimento

    

 

 

SAIR