PROVA ONLINE
(EXPERIMENTAL)

SAIR

PARTE OBJETIVA

MEDICINA INTERNA (10 QUESTÕES)

1) Mulher de 36 anos apresenta-se com os sinais de Chvostek e Trousseau. Pode-se afirmar que se trata, mais provavelmente, de quadro de

A. hipocalemia.
B. hipofosfatemia.
C. hiponatremia.
D. hipocalcemia.
E. hipomagnessemia.

    

 

2) Sobre a Toxoplasma e CORRETO afirmar que:

A. a presença dos taquizóiotos indica infecção anterior dormente
B. a transmissão interumana ocorre através da via fecal-oral, a contaminação e feita pelos oocistos
C. existindo tres tipos de cepas de parasito no Brasil, não há diferenças de incidência da toxoplasmose entre as pessoas com comprometimento imune e os imunocompetentes
D. o gato e o homem são os hospedeiros definitivos do parasita
E. o maior risco de vida para os pacientes HIV positivos expostos é a encefalite por Toxoplasma gondii

    

 

3) São antibioticos utilizados para o tratamento da leptospirose grave, EXCETO:

A. ampicilina
B. amoxicilina
C. doxacilina
D. ceftriaxona
E. penicilina cristalina

    

 

4) Paciente de 56 anos, hipertenso e diabético chega à emergência com quadro de dor precordial em aperto, com irradiação para membro superior esquerdo, sudorese, palidez e náusea, com duração de 40 minutos, contínua. Pressão arterial na entrada de 70 X 40. No eletrocardiograma, encontramos supra desnivelamento de ST em D2, D3 e AVF, além de supra desnivelamento de ST em V3R e V4R. Marque a alternativa INCORRETA.

A. Provável infarto de ventrículo direito, pela presença de hipotensão e supra desnivelamento de V3R e V4R
B. Nos casos de sinais de infarto inferior, é mandatório lembrar as derivações que fazem diagnóstico de infarto de ventrículo direito, presente em 50% destes casos.
C. Neste caso, a reposição volêmica é uma das principais medidas para restauração da pressão arterial.
D. Se disponível no hospital, o encaminhamento para a sala de hemodinâmica para este paciente, nas primeiras 12 horas do início da dor, seria fundamental para tentativa de revascularização da artéria culpada (provavelmente a artéria coronária direita).
E. Iniciar o tratamento padrão para infarto do miocárdio, com nitrato, beta-bloqueador, AAS, heparina e oxigênio.

    

 

5) Não representa sinal de mal prognostico na forma grave de febre amarela:

A. o tal-chamado 'vômito negro'
B. a albuminuria no quarto dia
C. a sepse
D. a associação com HIV
E. níveis de aminotransferases acima de 500 U/mm3

    

 

6) Entre as abaixo, qual é o parãmetro cujo aumento pode indicar destruição ou perda excessiva de eritrocitos:

A. ácido metilmalônico
B. saturação da transferrina
C. indice reticulocitário
D. homocisteína sérica
E. haptoglobina

    

 

7) Em caso de anemia falciforme pode reduzir a polimerização da hemoglobina S:

A. a velocidade baixa do sangue capilar
B. o aumento de hemoglobina F
C. a liberação de hemoglobina livre na plasma
D. a contaminação com Plasmodium malariae
E. o fenômeno de auto-esplenectomia

    

 

8) A lesão glomerular mais comum em pacientes com anemia drepanocítica é:

A. glomeruloesclerose focal e segmentar
B. glomerulopatia membranosa
C. glomerulonefrite membranoproliferativa
D. glomerulonefrite mesangiocapilar
E. lesão mínima

    

 

9) Em relação ao Helicobacter pylori:

A. nos ulcerosos duodenais, a inflamação em geral restringe-se ao antro.
B. a produção de gastrina está baixa em conseqüência do processo inflamatório antral.
C. a mucosa do corpo encontra-se poupada e isto explica a produção elevada de ácido.
D. quando testes diagnástico são negativos, deve-se pensar em outras causas de ulcera péptica.
E. nenhuma das respostas acima

    

 

10) Um paciente masculino de 40 anos voltou recentemente (há 2 semanas) de uma viajem para a região amazônica. Há 1 semanas, começou a apresentar picos febris de 40 o C, com calafrios e intensa prostração. Evoluiu nos últimos dois dias com estado confusional, torpor e oligúria. Ao exame, hipocorado +4/+4, ictérico +3/+4, torporoso, com hiperreflexia patelar e sinal de Babinski bilateral, hepato-esplenomegalia (fígado a 3 cm do RCD e baço a 4 cm do RCE). Laboratório: Hb = 4,6 g/dL Hct = 15% leucócitos = 3.200/mm3 plaquetas = 76.000/mm3 bilirrubina total = 20 mg/dL (bilirrubina direta = 13 mg/dL), TGO = 450 U/L TGP = 980 U/L, Uréia = 140 mg/dL Creatinina = 5,6 mg/dL K = 6,0 mEq/L Na = 130 mEq/L Glicemia = 40 mg/dL. Gasometria arterial: pH = 7,10 PO2 = 70mmHg PCO3 = 20mmHg HCO3 = 10mEq/L SatO2 = 89%. Pensando na principal hipótese diagnóstica para este caso, o tratamento de escolha seria:

A. Cloroquina + primaquina
B. Sulfato de quinino + cloroquina + primaquina
C. Artesunato + mefloquina + primaquina
D. Cloroquina + clindamicina + artemeter
E. Sulfato de quinino + clindamicina

    

 

CIRURGIA (10 QUESTÕES)

11) Sobre a veia porta é CORRETO afirmar que:

A. forma-se atrás do colo do pâncreas
B. resulta da confluência da veia gastroduodenal e da veia esplénica
C. fica na altura da quarta vértebra lombar
D. o comprimento da veia porta principal varia de 10 a 15 cm
E. seu diâmetro em geral é em torno de 3 cm

    

 

12) A valvuloplastia aórtica percutânea por balão pode ser utilizada no tratamento da estenose aórtica em algumas condições. São categorias indicadas por esse procedimento:

A. pacientes idosos, frágeis e possivelmente senis, cuja sobrevida a longo prazo seja pequena
B. pacientes com uma boa função ventricular, cuja ecocardiografia transesofagica mostrou calcificações da valvula
C. qualquer paciente com dispneia e insuficiência cardíaca congestiva
D. pacientes que já experimentaram mais de um caso de síncope ou aqueles com pelo menos um episodio de edema pulmonar
E. pacientes com estenose aórtica que ainda não apresentaram sintomas de decompensação

    

 

13) O câncer de esôfago é a sexta causa de neoplasia no mundo e a terceira do trato digestivo. Baseado nestas informações, marque o item INCORRETO.

A. O carcinoma epidermóide é a mais comum neoplasia de esôfago, embora o adenocarcinoma venha aumentando em incidência nos últimos tempos
B. Os sintomas mais comuns do câncer de esôfago são disfagia, perda de peso, dor, vômitos e tosse
C. Fatores de risco relacionados à neoplasia de esôfago incluem esôfago de Barrett, acalásia, tilose, lesões cáusticas, síndrome de Plummer-Vinson e tabagismo
D. A disseminação da neoplasia pode dar-se por via linfática, hematogênica, continuidade ou contigüidade
E. O diagnóstico é freqüentemente feito em fases iniciais da doença, como conseqüência dos sintomas precoces da neoplasia

    

 

14) Uma paciente apresenta episódios recorrentes de vasoespasmo digital, desencadeado pelo frio ou estresse emocional. A exposição ao frio, inicialmente, produz palidez dos dedos, seguida de cianose, dor e parestesia. O reaquecimento leva a uma forte vermelhidão. As sintomas acima pertencem á:

A. doença Burger
B. sindrome Raynaud
C. crioglobulinemia mista essencial
D. a doença dos complexos autoimunes
E. poliartite reumatóide

    

 

15) Pode(m) alterar o tônus venoso:

A. a contração da musculatura da panturrilha
B. os miorelaxantes
C. o centro termorregulador do tronco cerebral
D. baixos niveis de potassio
E. degradação enzimática proteolitica

    

 

16) Bota de Unna é uma atadura com três camadas, compressiva, empastada com óxido de zinco, que ficará em contato com a pele, é utilizada:

A. desde a base dos dedos até a tuberosidade tibial anterior
B. desde a base dos dedos até acima do joelho
C. desde o calcanear, incluindo 1/3 da planta ate o joelho
D. desde a ponta dos dedos ate a região maleolar
E. desde a região maleolar até a protuberancia tibial

    

 

17) O carcinoma de células escamosas (CCE):

A. tem o melhor dos prognósticos de qualquer um dos tipos de câncer pulmonar
B. a localização dele e preferencialmente central
C. não são tratados operatoriamente devido à extensão da doença na apresentação e à sua tendência agressiva a se metastatizar
D. as células tumorais são colunares e crescem forrando os espaços alveolares, geralmente numa camada única. O tecido neoplásico imita estruturas glandulares
E. alta dificuldade de diagnostico, especialmente na citologia do escarro

    

 

18) O ducto biliar sectorial anterior drena os segmento hepaticos:

A. I e II
B. II e III
C. III e IV
D. V e VIII
E. VI e VII

    

 

19) A estrutura vulnerável do assoalho do canal inguinal relacionada às hérnias inguinais diretas é:

A. anel inguinal interno
B. fascia transversalis
C. músculo oblíquo interno
D. músculo e aponeurose do músculo transverso do abdome
E. aponeurose do músculo oblíquo externo

    

 

20) A mortalidade cirúrgica da troca valvular mitral para o reparo da estenose mitral aumenta com:

A. idade avançada
B. hipertensão pulmonar
C. presença de regurgitação
D. presença de hipertensão arterial
E. presença de coagulos no auriculo esquerdo

    

 

PEDIATRIA (10 QUESTÕES)

21) O tratamento geral das penumonias consta nas seguintes medidas, EXCETO:

A. dietas leves, quantidades pequenas e freqüentes
B. devido a febre alta, vômitos e taquipneia, a hidratação da criança sempre tem que ser feita via parenteral
C. contraindica-se o uso de expectorantes
D. uma saturação de 95% com PaO2 acima de 70 mm Hg não necessita de oxigenoterapia
E. a toracocentese é obrigatória em qualquer derrame pleural

    

 

22) Que condição gastrintestinal comum causa frequentemente dor torácica na criança?

A. a sindrome de colon irritável
B. o meteorismo funcional
C. a hernia diafragmatica
D. o refluxo gastrintestinal
E. a hernia de hiato

    

 

23) Visando a profilaxia da anemia ferropriva e megaloblástica, a adolescente gestante deve iniciar sulfato ferroso em que período gestacional?

A. Término do terceiro mês
B. Sexto mês
C. Primeiro mês
D. Inicío do segundo mês
E. Sétimo mês.

    

 

24) Neste paciente, o sopro cardíaco provavelmente resulta de qual das condições abaixo?

A. regurgitação da valva mitral
B. estenose da valva mitral
C. regurgitação da valva tricúspide
D. regurgitação da valva pulmonar
E. estenose da valva aórtica

    

 

25) Um lactente com 7 meses de idade recebeu BCG intradérmico aos 20 dias de vida. A cicatrização vacinal foi perfeita. Notou-se porém, um gânglio axilar direito, duro, indolor e sem sinais flogísticos. Diante deste quadro, qual a conduta mais correta?

A. extrair o gânglio e iniciar isoniazida
B. solicitar RX de tórax
C. solicitar RX de tórax e PPD
D. iniciar isoniazida
E. acompanhamento clínico

    

 

26) O teste com dispositivos de peak-flow meter (PFE) idealmente comporta:

A. duas medições antes dum esforço fisico de 15 minutos e três medições depois, seguidas de comparação entre os melhores valores
B. duas medições de manhã e três medições a noite, seguidas de comparação entre os melhores valores
C. duas medições de manhã e três medições a noite, seguidas de comparação entre os piores valores
D. três medições de manhã e três medições a noite, seguidas de comparação entre os melhores valores
E. três medições de manhã e três medições a noite, seguidas de comparação entre os piores valores

    

 

27) Segundo os critérios de Marshall e Tanner, o estadio que corresponde a: 'pelos do tipo e distribuição iguais ao do adulto' é:

A. P2
B. P4
C. P5
D. P3
E. P6

    

 

28) Qual das medidas abaixo você considera mais importante na prevenção ao diabetes mellitus tipo 2 em crianças e adolescentes?

A. Combate ao uso precoce de álcool e tabaco
B. Medidas que favoreçam boa alimentação e atividade física
C. Incentivo à regulamentação de rotulagem de alimentos
D. Medidas que reduzam o uso de televisão e jogos virtuais
E. Campanhas para melhorar o diagnóstico precoce

    

 

29) A doença hemorrágica do recém-nascido está associada a:

A. deficiência de fator II
B. deficiência de fator VII
C. deficiência de fibrinogênio
D. deficiência de vitamina K
E. plaquetopenia transitória do recém-nascido

    

 

30) Adolescente do sexo feminino de 14 anos e seis meses vem à consulta preocupada 'porque ainda não menstruou'. O exame físico não evidenciou anormalidades, e o estadiamento puberal de Tanner é P-2 e M-3. A hipótese diagnóstica mais provável é:

A. tumor hipofisário
B. síndrome de Tanner
C. adolescente normal
D. testículo feminilizante
E. imperfuração himenal

    

 

OBSTETRICIA GINECOLOGIA (10 QUESTÕES)

31) A sindrome pós-puerperal de Chiari Frommel pode ser definido como:

A. forma particular da amenorréia – as vezes acompanhada por uma forte depressão – a paciente ate chega a tomar uma posição de lordose parecida com a lordose gravidica
B. microadenoma de células secretantes de prolactina, manifestado com amenorréia constante e galactorreia freqüente, níveis plasmáticas de prolactina acima de 20-30 ng/ml
C. pan-hipopituitarismo – com nanismo e infantilismo genital. O síndrome começa em volta de 13-14 anos e evolui, praticamente, com insuficiência tireóidea, corticosuprarenal, de STH.
D. neoplasias fibroepiteliais constituídas de tecido derivado do estroma ovariano e por células epiteliais, poliédricas ou redondas, do tipo urotelial ou de transição. Essas células contêm um pequeno núcleo em fenda ou em forma de “grão de café”, podendo haver grupamentos dessas células e configurar estruturas denominadas nichos ou ninhos.
E. defeito genético, representado pela falta de um cromossomo X, enquanto o cariótipo e 45+XO. Amenorréia e uma coisa secundar, o sindrome e uma malformação geral.

    

 

32) Consideram uma gravida de 26 semanas que já tem 2 filhos (casal de gêmeos) que nasceram pela cesárea. No historico dela tem 1 aborto espontâneo na 14-a semana e um feto com 27 semanas que nasceu morto. Sobre esta gravida podemos afirmar que:

A. e III-gesta, III-para
B. e IV-gesta, II-para
C. e III-gesta II-para
D. e III-gesta, I-para
E. e II gesta, II para

    

 

33) A doença hipertensiva específica da gravidez caracteriza-se por aparecer:

A. após a 20.ª semana, acompanhada de edema generalizado e/ou proteinúria.
B. após a 30.ª semana, acompanhada de edema generalizado e edema pulmonar.
C. entre a 5.ª e a 10.ª semana, acompanhada de cefaléia e oligúria.
D. entre a 10.ª e a 20.ª semana, acompanhada de cianose e edema pulmonar.
E. entre a 2.ª e a 15.ª semana, acompanhada de cianose e/ou proteinúria.

    

 

34) A investigação eletiva em caso de incontinência urinária de etiologia neurologica, na falha do tratamento com base em exames mais simples:

A. videourodinâmica
B. cistoscopia
C. urodinâmica convêncional
D. o teste de Magendie
E. urografia

    

 

35) Sobre o síndrome de Sheehan é VERDADE:

A. a causa é a necrose hipofisaria
B. a hipotensão severa durante o parto pode ser um fator causal
C. somente os níveis de gonadotrofinas são muito baixos
D. as primeiras sintomas são hiperglicemia e depressão pós-parto
E. não ifluencia a troficidade sexual

    

 

36) O acompanhamento da parturiente na sala de parto deve incluir:

I) ausculta do BCF de hora/hora
II) toque vaginal a cada 2h
III) procedimentos de avaliação materna
IV) ultrassonografia

São verdadeiras:

A. apenas I, II e III
B. apenas II e III
C. apenas III e IV
D. apenas I e IV
E. apenas I

    

 

37) A edema da pré-eclampsia é mais comum na região:

A. parte superior do tronco
B. dedos das mãos e face
C. panturrilhas
D. dorso do pé
E. antebraços e mãos

    

 

38) No caso dos tumores hipofisários não secretantes o achado mais encontrado é:

A. nanismo e infantilismo genital
B. amenorréia e sintomas de menopausa
C. enxaqueca forte com náuseas e vômitos
D. a galactorréia
E. cegueira

    

 

39) O melhor método ultra-sonográfico convencional para avaliação ginecológica e para gestação no 1° trimestre é o:

A. Trans-retal
B. Trans-vaginal
C. Trans-perineal
D. Trans-abdominal
E. Nenhuma das respostas acim

    

 

40) A função endócrina estrogênica pode aumentar na mulher em menopausa:

A. quando há obesidade
B. caso de secreção ectopica do adenocarcinoma pulmonar
C. quando há hipotireoidia
D. quando é ainda presente um dispositivo intra-uterino (DIU)
E. quando há atrofia suprarrenal

    

 

 

SAUDE PUBLICA (10 QUESTÕES)

41) Assinale a alternativa correta:

A. Há uma relação direta entre a vida média e as condições de saúde das coletividades.
B. Vida média é a média de anos vividos pelos 20% dos indivíduos mais idosos de uma população.
C. Esperança de vida é o tempo de vida esperado para mais de 90% de uma população.
D. A esperança de vida entre mulheres e homens não apresenta diferença significativa.
E. Tem-se constatado um aumento da esperança de vida entre mulheres no Brasil e uma tendência contrária entre os homens.

    

 

42) A definição correta da morte materna:

A. a morte de uma mulher por causas obstétricas diretas ou indiretas mais de 42 dias mas menos de um ano após o término da gravidez
B. a morte da mulher durante a gestação ou dentro de um período de 42 dias após o término da gestação
C. a morte da mulher durante a gestação ou nas proximas 24 horas pós-parto
D. todos os casos de óbitos maternos, tanto por causas obstétricas diretas, como indiretas, que ocorreram em até 7 dias após o término da gestação.
E. as mortes por causas obstétricas (diretas ou indiretas) que ocorreram após 42 dias do término da gestação, bem como as mortes relacionadas com a gravidez

    

 

43) É correto afirmar que a direção do Sistema Único de Saúde será exercida em cada esfera de governo pelos seguintes órgãos:

A. Presidência da República, Governo do Estado e Prefeitura Municipal;
B. Ministério da Saúde, Secretaria do Estado de Saúde e Secretaria Municipal de Saúde;
C. Conselho Nacional de Saúde, Conselho Estadual de Saúde e Conselho Municipal de Saúde;
D. Ministério do Trabalho e Previdência Social, Secretaria do Estado da Saúde e Secretaria Municipal de Trabalho e Ação Social.
E. Comissão Bipartita ao nivel federal e Comissão Tripartita ao nivel municipal

    

 

44) Estudo sobre a associação entre desnutrição e desempenho intelectual consistiu na realização de testes de integração intersensorial (indicador de desempenho intelectual) em escolares de 6 a 11 anos pertencentes aos primeiro e quarto quartis de estatura (indicadores de presença ou ausência de desnutrição no passado). Esse foi um estudo:

A. transversal
B. de ensaio clínico
C. longitudinal retrospectivo
D. longitudinal prospectivo
E. de coorte

    

 

45) Contraria os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS):

A. o direito à informação, às pessoas assistidas, sobre sua saúde;
B. a integralidade da assistencia, estabelecendo duas redes, sendo uma de atenção curativa e outra de atenção preventiva;
C. a igualdade da assistência à saúde sem preconceitos ou privilégios de qualquer espécie;
D. a divulgação de informações quanto ao potencial de serviços e sua utilização pelo usuário;
E. a integração em nível executivo das ações de saúde, meio ambiente e saneamento básico.

    

 

46) Os estudos transversais tipo inquerito têm as seguintes vantágens:

I) são fáceis, rápidos e baratos
II) são fontes de suspeitas melhores que os estudos ecologicos
III) possibilidade de avaliar a successão causa-efeito
IV) possibilidade de estabelecer causalidade

São verdadeiras:

A. I,II, III, IV
B. I, II, III
C. I e II
D. I e III
E. I, II e IV

    

 

47) O risco atribuível mede:

A. incidência da doença atribuível à exposição
B. a exposição a um fator de risco
C. a probabilidade de uma pessoa exposta a um fator de risco adoecer
D. incidência de uma doença em uma população
E. o risco de adoecimento

    

 

48) Com o objetivo de verificar uma possível associação entre o câncer de esôfago e o hábito de fumar, foi realizado um estudo no Hospital Universitário. Entre os pacientes atendidos, 20 tiveram o diagnóstico comprovado para esse tipo de neoplasia, sendo que 15 deles eram fumantes. Além disso, 80 pacientes que apresentavam outros diagnósticos, excluído câncer, foram selecionados para comparação, sendo que 60 eram fumantes. Esse estudo é classificado como estudo:

A. de coorte
B. de intervenção
C. de prevalência
D. caso-controle
E. ecológico

    

 

49) A diretriz da participação da comunidade no Sistema Único de Saúde (SUS), definida na Constituição Federal, significa:

A. a gestão compartilhada do SUS entre os gestores municipais e representantes de serviços hospitalares privados conveniados
B. a participação dos servidores do SUS em sua gestão nas esferas estaduais e municipais.
C. a gestão compartilhada do SUS entre os gestores municipais e estaduais e conselhos regionais e federais de classe.
D. a participação dos diversos setores da sociedade na gestão do SUS, definida pela Lei n.º 8.142/1990.
E. a participação dos diversos movimentos organizados do país na gestão do SUS por meio das associações e sindicatos.

    

 

50) Definimos o óbito como:

A. a morte que ocorre no hospital, após o registro do paciente, independentemente do tempo de internação.
B. a morte cuja causa básica é uma doença ou um estado mórbido
C. o desaparecimento permanente de todo sinal de vida, em um momento qualquer depois do nascimento, sem possibilidade de ressuscitação
D. a morte que sobrevém em paciente que não teve assistência médica, durante a doença
E. a morte que decorre de uma lesão provocada por violência (homicídio, suicídio, acidente ou morte suspeita), qualquer que seja o tempo decorrido entre o evento e o óbito.

    

 

 

SAIR