PROVA ONLINE
(EXPERIMENTAL)

SAIR

PARTE OBJETIVA

MEDICINA INTERNA (10 QUESTÕES)

1) O período de incubação da hepatite A varia entre:

A. 14 e 160 dias (média de 45 dias)
B. 21 e 45 dias
C. 15 a 60 dias (média de 40 dias)
D. 15 e 50 dias (média de 25 dias)
E. entre 60 e 180 dias (média de 75 dias)

    

 

2) A tireóide pode concentrar os seguintes íons, EXCETO:

A. perclorato
B. nitrito
C. tiocianato
D. tecnécio
E. fluoreto

    

 

3) Constitui um sinal de mau prognostico na evolução da forma grave da febre amarela:

A. a presença de bradicardia (sinal de Faget positivo)
B. vomitos com restos alimentarios
C. a ausência da febre
D. diarreia
E. o surgimento da ictericia na primeira fase da doença

    

 

4) As principais causas de mortalidade no Brasil são as doenças:

A. cardiovasculares
B. neoplásicas
C. relacionadas à desnutrição
D. respiratórias
E. infecto-parasitárias

    

 

5) Antibióticoprofilaxia em cirurgia bariátrica:

A. Uso de Cefalosporina de primeira geração pré e pós-operatória por 24 horas
B. Uso de Cefalosporina de primeira geração por uma semana após a cirurgia
C. Usar somente se for colocado dreno no abdômen, pois reside aí o perigo de entrada de bactérias no peritônio
D. Usar antibiótico somente quando houver sinais clínicos de infecção ou contaminação cirúrgica
E. Cefazolina, Metronidazol e um Aminoglicosídio no pré operatório e nos três primeiros dias de pós-operatório devido exposição do peritônio ao conteúdo intestinal.

    

 

6) Paciente de 46 anos tem diabetes mellitus diagnosticado há 20 dias. Entre as medidas preconizadas está um programa de atividades físicas progressivas para o controle dos níveis pressóricos e glicêmicos. A melhor conduta é solicitar:

A. eletrocardiograma e, caso esteja normal, liberar para atividade física moderada
B. teste ergométrico, caso tenha retinopatia proliferativa
C. teste ergométrico, caso tenha doença vascular periférica
D. teste ergométrico, independentemente de outros fatores, e prescrever aspirina
E. cintilografia miocárdica

    

 

7) O virus HIV tem afinidade para os linfócitos T auxiliares, macrófagos, células dendríticas e células da micróglia, por causa de uma caracteristica comum destas células. Trata-se de:

A. molécula CD4 em sua superfície
B. a capacidade de sintetizar as proteinas viráis GP-120 e GP-41
C. as particularidades do funcionamento da revers-transcriptase
D. a diferença de potencial entre a superficie e o interior destas celulas
E. a alta atividade metabolica destas células

    

 

8) Homem de 60 anos procura assistência médica por fraqueza de membros inferiores e astenia. Ao exame, hipocorado, ictérico +1/+4. hiper-reflexia patelar, arreflexia dos Aquileus, sinal de Babinski bilateral e teste de Romberg positivo, sem lateralização específica. Laboratório: Hb = 5,8g/dL, Hct = 30%, leucócitos = 3.500/mm3, plaquetas = 90.000/mm3, LDH = 1.200 U/L, bilirrubina indireta = 2,3 mg/dL. O diagnóstico parece ser:

A. Alcoolismo
B. Anemia aplásica
C. Mielopatia pelo HTLV-I
D. Polirradiculoneuropatia desmielinizante crônica (PDIC)
E. Carência de cianocobalamina

    

 

9) No tratamento ambulatorial da crise de asma leve (2º episódio), o tratamento indicado é:

A. corticóide
B. beta-2-agonista inalatório
C. brometo de ipratrópio oral
D. anti-alérgico não hormonal
E. cetotifeno

    

 

10) Sobre o papel da hepcidina no desenvolvimento das anemias da doenças crônica julguem as afirmações:

1) é considerada uma proteina de fase aguda ( )
2) o aumento da síntese da interleukina IL-1 é seguida de aumento de até 100 vezes da hepcidina ( )
3) é um forte estimulador da liberação do ferro macrofágico ( )
4) níveis baixos ou incapacidade de síntese podem causar hemocromatose ( )

São verdadeiras:

A. V - V - V - V
B. V - V - V - F
C. F - F - V - V
D. V - F - F - V
E. F - F - F - V

    

 

CIRURGIA (10 QUESTÕES)

11) Qual das seguintes afirmações é CORRETA:

A. os líquidos quentes e frios ingeridos tendem a se esvaziar mais rapido
B. a velocidade de esvaziamento gastrico e identica ou quase identica para os liquidos e sólidos
C. os carboidratos se esvaziam mais rapidamente do que as gorduras
D. concentrações e/ou acidez maior das refeições líquidas causam um aumento no esvaziamento gástrico
E. o glucagon e um dos mais potentes fatores de acceleração do esvaziamento gastrico, sendo utilizado no tratamento da obesidade.

    

 

12) Na esofagectomia transiatal são efetuadas as seguintes manobras EXCETO:

A. laparotomia mediana supraumbilical
B. incisão cervical
C. toracotomia
D. mobilização do estomago
E. preservação das arcadas gastroepiplóica direita e gástrica direita

    

 

13) Nos traumatismos em geral, as causas de enfisema mediastinal são devidas a lesões das seguintes estruturas anatômicas:

A. laringe e esterno
B. traquéia e esôfago
C. faringe e pericárdio
D. brônquio e estômago
E. bronquíolo e ducto torácico

    

 

14) A doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) é considerada uma das afecções digestivas de maior prevalência nos países ocidentais. Sobre esta afecção, assinale a alternativa correta:

A. Para definição diagnóstica, os sintomas esofágicos ou extra-esofágicos precisam ser acompanhados de lesão tecidual
B. A ausência de sintomas típicos como pirose e regurgitação afasta o diagnóstico de DRGE
C. A endoscopia digestiva alta é o método diagnóstico de escolha pois sempre visualiza o refluxo gastroesofágico nos pacientes portadores da afecção.
D. A pHmetria avalia a presença de esofagite e complicações da mesma, inclusive a presença de refluxo “não-ácido”
E. São aceitáveis dois tipos de abordagem inicial: tratamento empírico ou baseado na confirmação diagnóstica, sendo que a confirmação diagnóstica é recomendada para os pacientes com mais de 40 anos e manifestações de alarme como disfagia, anemia, emagrecimento e história familiar de câncer.

    

 

15) Boa parte dos cálculos renais contém cálcio suficiente para serem radiopacos, portento podem ser avaliados por um Rx simples de abdome. Mas apenas _____ dos cálculos biliares são radiopacos. Assinale a alternativa correta:

A. 80%
B. 70%
C. 50%
D. 30%
E. 10%

    

 

16) Quais das seguintes estruturas une-se com a fascia de Sibson:

A. pleura cervical
B. pleura costal
C. pleura mediastínica
D. pleura diafragmática
E. esplancnopleura

    

 

17) Paciente com 25 anos de idade, com peso de 50 kg, é vítima de queimadura por fogo que resulta em 40% de área corporal queimada. Segundo o esquema de Brooke modificado, devem-se administrar nas primeiras oito horas:

A. 3000 ml de solução cristalóide
B. 5000 ml de solução cristalóide e 1000 ml de solução colóide
C. 6000 ml de solução cristalóide
D. 2000 ml de solução cristalóide
E. 5500 ml de solução cristalóide e 5000 ml de solução colóide

    

 

18) Paciente do sexo masculino, 30 anos, chega ao Pronto Socorro trazido pelo Serviço de Atendimento ao Trauma, vitima de queda de moto a cerca de 20 minutos. Ao exame primário apresenta-se com vias aéreas livres, dispnéico e taquicárdico, com queixa de dor e escoriações no hemitórax direito e laceração na região occipital com cerca de quatro cm de comprimento. O exame radiológico do tórax realizado após a avaliação inicial demonstra um velamento difuso no hemitórax direito. Em relação ao trauma torácico deste paciente assinale a alternativa INCORRETA:

A. a hipótese diagnóstica, após avaliação desta radiografia e levando em consideração o quadro clínico do paciente, é de um hemotórax maciço à direita
B. este hemotórax deve ser tratado com a colocação de um tubo torácico no 5o espaço intercostal, linha hemiaxilar direita
C. uma drenagem inicial de 1500 ml de sangue indica a colocação de um segundo dreno de tórax para drenagem adequada deste sangue coletado
D. o exame físico do tórax é importante na identificação de situações ameaçadoras à vida, como pneumotórax hipertensivo e hemotórax maciço
E. uma radiografia de tórax deve ser realizada após a inserção do tubo para confirmar a colocação e o posicionamento adequado.

    

 

19) A secreção acida estimulada, na fase cefalica, podendo originar-se com a visão olfato pensamento ou gosto do alimento. A principal hipótese e que estão estimulados varios locais do cerebro, incluindo:

A. o núcleo do trato solitário
B. a area prefrontal cortical
C. a hipófise posterior
D. o tálamo dorsal
E. a epifise

    

 

20) A anomalia de vias biliares mais frequente encontrada na patologia é:

A. a união entre o ducto hepático posterior direito e o ducto hepático comum distalmente à união do ducto hepático anterior direito e ducto hepático esquerdo
B. o ducto hepático anterior direito unindo-se ao ducto hepático comum distalmente à união dos ductos posterior direito e esquerdo
C. ducto hepático acessório colecisto-hepático
D. agenesia da vesícula biliar
E. duas vesículas biliares separadas

    

 

PEDIATRIA (10 QUESTÕES)

21) Considerando a tabela abaixo, quais dos conjuntos de associações são adequadas:

I) dobutamina A) reverter os efeitos dos narcoticos
II) naloxona B) aumentar a pressão arterial
III) dopamina C) aumento da contratilidade miocardica
IV adrenalina D) aumentar a frequência cardíaca

A. I-B; II-D: III-C; IV-A;
B. I-A; II-D: III-B; IV-C;
C. I-C; II-D: III-B; IV-A;
D. I-D; II-C: III-A; IV-B;
E. I-C; II-A: III-B; IV-D;

    

 

22) A ingestão das seguintes toxinas pode causar alteração do estado mental e miose:

A. monóxido de carbono
B. acido lisergico (LSD)
C. gama-hidroxibutirato
D. clonidina
E. cianureto

    

 

23) Entre as manifestçãoes clinicas de amigdalite crônica esta incluida:

A. sonolência
B. diarreia
C. regurgitação
D. disfonia
E. bruxismo

    

 

24) Lactente de 4 meses com diarréia há 2 meses, caracterizada por seis a oito evacuações por dia, fezes líquidas sem muco ou sangue, acompanhada de distensão abdominal. Refere febre na primeira semana de doença. Nasceu de parto normal sem intercorrências, pesando 3.050 g. Não recebeu aleitamento materno que foi substituído por leite de vaca em pó, 5g/100 ml, 6 mamadeiras de 120 ml por dia, aleitamento que mantém desde então. Exame físico: peso = 3.850g, comprimento = 55 cm, hipotrofia muscular generalizada, panículo adiposo escasso, descorada 2+/4+ e hidratada. Abdome distendido, fígado a 2 cm do RCD, baço não palpável. Dermatite perineal. A hipótese diagnóstica é:

A. diarréia secretora
B. diarréia crônica
C. diarréia persistente
D. doença celíaca
E. fibrose cística

    

 

25) O exame de uma criança com ALTE sem um diagnóstico estabelecido (idiopático) foi normal no momento da admissão hospitalar e durante a estadia hospitalar. Os planos de alta deveriam incluir:

A. monitoramento domiciliar, até a ausência de apneia por 6 semanas, e visitas semanais ao pediatra
B. monitoramento domiciliar por 2 anos e visitas domiciliares diárias por um enfermeiro
C. cuidados de saúde de rotina e nenhum monitoramento, pois não há evidências de que o monitoramento domiciliar previna o óbito tardio
D. cuidados de saúde de rotina e monitoramento domiciliar por 6 meses na ausência de recorrência da apneia
E. monitoramento de rotina da saúde e monitoramento domiciliar até 1 ano de idade

    

 

26) A síndrome do crupe tem como a etiologia mais frequente a infecção com:

A. parainfluenza 1, 2 e 3
B. sincicial respiratório
C. citomegalovirus
D. adenovirus
E. haemophilus influenzae tipo B

    

 

27) Adolescente de 13 anos, sexo masculino, queixa-se de diarreia e dor abdominal há alguns dias. Mãe relata que há dez dias, após ter passado alguns dias em colônia de férias, seu filho passou a apresentar fezes semiíquidas a líquidas, duas a três vezes por dia, com algumas raias de sangue e catarro, um pouco de urgência para evacuar e febre baixa não aferida. Exame físico: tax: 37,9°C, palidez cutâneo-mucosa +/4+, abdomen discretamente doloroso em fossa ilíaca esquerda, sem sinais de patologia cirúrgica aguda. Na consulta de retorno, a mãe trouxe os exames solicitados: Hb: 9,3g/dl, Ht: 28%, macrocitose, VHS: 75 mm/1ª hora. Endoscopia baixa: presença de inflamação contínua na mucosa retal e cólon esquerdo. A hipótese diagnóstica é:

A. doença celíaca
B. colite ulcerativa
C. doença de Crohn
D. doença ulcerosa péptica
E. síndrome da polipose juvenil

    

 

28) A mãe de um recém-nascido a termo, de parto espontâneo e sem intercorrências, desenvolve varicela no segundo dia após o parto. Qual a conduta em relação ao recém-nascido?

A. administrar imunoglobulina específica e suspender o aleitamento ao seio materno
B. administrar vacina anti-varicela e manter o aleitamento materno
C. afastar a criança da mãe e administrar vacina anti-varicela
D. somente observar o recém nascido e manter o aleitamento materno
E. somente observar o recém nascido e suspender o aleitamento materno

    

 

29) A cavidade nasal comunica-se posteriormente com:

A. uma abertura chamada de coana
B. conchas ou meatos
C. a placa perpendicular do osso etmóide
D. vestíbulo
E. cartilagem septal

    

 

30) O pneumoperitônio em um neonato constitui uma emergência cirúrgica. Na atualidade, sua etiologia mais comum é a perfuração:

A. gástrica idiopática
B. o apêndice inflamado
C. divertículo de Meckel
D. colônica na doença de Hirschprung
E. de delgado na enterocolite necrosante

    

 

OBSTETRICIA GINECOLOGIA (10 QUESTÕES)

31) Um recém nascido apresenta o facies descrito abaixo: lábio superior grande, nariz pequeno e plano, micrognatia e microftalmia, pálpebras curtas. Existe uma alta probabilidade que:

A. a mãe esteja alcoolatra
B. a mãe tentou abortar com Cytotec nos primeiros meses de gravidez
C. a mãe esteja diabetica sem tratamento
D. o recem-nascido tiver sindrome de Down
E. o parto foi premáturo

    

 

32) Sobre o fórcipe de Simpson e CORRETO afirmar:

A. e útil para os partos com feto em posição transversa ou posterior
B. tem a articulação em deslize do ramo direito sobre o ramo esquerdo
C. tem uma accentuada curvatura pelvica
D. é utilizado especialmente quando existe bossa serossanguínea significativa
E. tem uma colher longa, o cabo do fórcipe e cumprido

    

 

33) Sobre o trabalho de parto são VERDADEIRAS as afirmações:

I) o numero das contrações e um dos principais parâmetros pelos que o medico vai se orientar, para decidir se esta ou não frente a um parto
II) e a dilatação for inferior do 4 cm e o feto e a mãe estão bem, pode mandar a grávida para casa
III) a episiotomia medial direita e universalmente indicada no trabalho de parto
IV) a analgesia influencia negativamente o parto, por isso, é evitada de muito obstetras

São verdadeiras:

A. há uma resposta correta
B. há duas respostas corretas
C. ha tres respostas corretas
D. não há resposta correta
E. todas as respostas são corretas

    

 

34) Gravida III-gesta, II-para, 28 semanas, Hb 10,5g%, hematocríto 32%, Rh negativo, exame de rubéola e toxoplasmose negativos, creatinina serica 3,8 mg/100 ml, glicemia 81 mg% em jejum, foi realizado somente um exame de urina que mostrou 135.000 colonias/ml. Sobre esta grávida podemos afirmar que:

I) tem anemia moderada
II) deveria ter pelo menos duas ultrassonografias efetuadas
III) e mandatório fazer o exame Rh do marido
IV) tem bacteriuria assintomatica e precisa ser tratada

São verdadeiras:

A. I, III, III, IV
B. I, III, IV
C. III, IV
D. II e III
E. II, III, IV

    

 

35) Sobre o tipo II de crescimento intrauterino retardado é CORRETO afirmar que:

I) o prognostico desfavorável reside em inexistência de um tratamento eficaz
II) mecanismos de adaptação da circulação fetal são acionados no sentido de poupar órgãos mais nobres
III) é a mais frequente forma de CIUR
IV) o perímetro cefálico é nitidamente abaixo do esperado

São verdadeiras:

A. apenas II
B. I, II e III
C. III e IV
D. I e IV
E. II e III

    

 

36) A sindrome pós-puerperal de Chiari Frommel pode ser definido como:

A. forma particular da amenorréia – as vezes acompanhada por uma forte depressão – a paciente ate chega a tomar uma posição de lordose parecida com a lordose gravidica
B. microadenoma de células secretantes de prolactina, manifestado com amenorréia constante e galactorreia freqüente, níveis plasmáticas de prolactina acima de 20-30 ng/ml
C. pan-hipopituitarismo – com nanismo e infantilismo genital. O síndrome começa em volta de 13-14 anos e evolui, praticamente, com insuficiência tireóidea, corticosuprarenal, de STH.
D. neoplasias fibroepiteliais constituídas de tecido derivado do estroma ovariano e por células epiteliais, poliédricas ou redondas, do tipo urotelial ou de transição. Essas células contêm um pequeno núcleo em fenda ou em forma de “grão de café”, podendo haver grupamentos dessas células e configurar estruturas denominadas nichos ou ninhos.
E. defeito genético, representado pela falta de um cromossomo X, enquanto o cariótipo e 45+XO. Amenorréia e uma coisa secundar, o sindrome e uma malformação geral.

    

 

37) A falha estrogenica no climatério NÃO causa:

A. espessamento do epitelio vaginal
B. favorece a invasão bacteriana na vagina
C. encurtamento do cervix
D. atrofia de utero
E. hiperemia da mucosa vaginal

    

 

38) O tempo do período expulsivo depende de:

A. idade da grávida
B. aplicação da analgesia
C. experiência do medico
D. tipo de episiotomia
E. numero de fetos

    

 

39) Geralmente, o conceito basico é que um leiomióma uterino não deve ser operado sem um motivo bem justificado, porque:

A. a vascularização do leiomioma pode expôr intraoperatório á hemorragias ameaçadoras de vida
B. existe um alto risco de tromboembolia pulmonar pós-operatoria
C. geralmente, as mulheres diagnosticadas com leiomioma são na idade fertil e a cirurgia pode prejudicar a fisiologia uterina no futuro
D. as transformações malignos de um tal tipo de tumor são excepcionáis
E. geralmente o tamanho da tumor impossibilita a dequitação dela do tecido miometral

    

 

40) Sobre o tratamento da doença hipertensiva crónica vascular e CORRETO afirmar:

A. podemos utilizar inibidores de conversão da angiotensina como ultima alternativa
B. e vedádo o uso de diureticos durante a gestação e aquelas gravidas que usavam diureticos tem que parar de ser medicadas com esta categoria
C. os bloqueadores de cálcio são de ultima escolha no tratamento, sendo a alta toxicidade miocárdica
D. o nitroprussiato pode ser utilizado somente nas emergências
E. o tratamento com beta-bloqueadores tem como principal risco alterações cardíacas

    

 

 

SAUDE PUBLICA (10 QUESTÕES)

41) Na epidemia progressiva ocorre um aumento gradativo do numero de casos de doenças. São exemplos dessas doenças. EXCETO.

A. coqueluche
B. sarampo
C. dengue
D. surto de intoxicação alimentar em que as pessoas sáo contaminadas ao mesmo tempo
E. AlDS

    

 

42) Em qual das situações seguintes não é obrigatoria a emissão a declaração de óbito (DO)?

A. a criança nasceu viva, a termo, e morreu logo após o nascimento
B. óbito fetal, com gestação de menos de 20 semanas, a família querendo realizar o sepultamento do produto de concepção
C. óbito fetal com feto pesando 580 gramas
D. trata-se de paciente particular a quem o medico não vinha prestando assistência, mas ninguém não pode pagar a taxa solicitada de medico
E. homicídios, acidentes, suicídios, mortes suspeitas

    

 

43) Um comitê de investigação de morte materna que investiga as mortes maternas hospitalares no período de 1 ano é um exemplo de investigação:

A. caso-controle.
B. coortes
C. de casos
D. transversal prospectíva
E. de intervenção

    

 

44) A DO é composta por ......... blocos de informações de preenchimento obrigatório:

A. cinco
B. sete
C. dez
D. doze
E. nenhuma resposta é correta

    

 

45) Os medicamentos de referência (ou de marca) são:

A. medicamentos copiados de um produto generico, contendo a mesma substância ativa, concentração de dose, esquema posológico, apresentação e efeito farmacológico
B. medicamentos registrados na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e comercializados no país, cuja eficácia e qualidade foram comprovadas cientificamente por ocasião do registro
C. produtos identificados pelo nome comercial ou de marca, que possuem a mesma substância ativa, concentração, forma farmacêutica, via de administração, posologia e indicação terapêutica, mas podem diferir em tamanho, forma, prazo de validade, embalagem, rotulagem, excipientes e veículos
D. toda substância, mistura de substâncias, vegetais ou parte de vegetais, fungos ou bactérias, que sofreram ou não transformação, manipulação ou industrialização, e com possibilidade de ser ingerido ou administrado a homem ou animal.
E. a substância farmacêutica, de elaboração oficinal, com formulação e quantidades elaboradas de acordo com prescrição médica, apresentada em embalagem individual

    

 

46) Na ausencia do documento de identidade de um falecido o medico tem a obrigação de:

A. Preencher os dados de identificação com "sujeito desconhecido"
B. pedir o transporte do cadaver ao serviço de verificação do obito
C. pedir o transporte do cadaver instituto medico-legal mais proximo
D. depor o corpo no necroterio ate a identificação dele seja feita para um familial
E. pedir ao autoridade policial realizar a identificação do cadaver

    

 

47) O diafragma de controle permite avaliar. EXCETO:

A. a faixa endêmica da doença
B. o limiar epidêmico
C. a região de valores epidêmicos
D. o limite inferior das freqüências endêmicas
E. a faixa pandémica da doença

    

 

48) O quarto bloco de informações ao preencher no certidão de obito é para:

A. Local de ocorrência do óbito
B. Identificação do falecido: o médico deve dar especial atenção a este bloco, dada a importância jurídica do documento.
C. Residência: endereço habitual.
D. Específico para óbitos fetais e de menores de um ano
E. É a parte da DO preenchida exclusivamente pelo Cartório do Registro Civil

    

 

49) Os dados abaixos são de um município brasileiro em 2000:

A Razão de Mortalidade Proporcional deste Município é:

A. muito boa, correspondendo 80%
B. razoável, muito semelhante ao índice nacional
C. ruim, pois está abaixo de 50%
D. muito boa, correspondendo a 45%
E. impossível de calcular

    

 

50) Na receita médica, as orientações do profissional para o paciente constituam:

A. o rodapé
B. a inscrição
C. a subscrição
D. a prescrição
E. a adscrição

    

 

 

SAIR