"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

NÃO SOU CADASTRADO                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO
usuario: senha:

OBJETIVA: (377123 votos)..........88.6% das questões objetivas receberam votos.
Sobre o drenagem linfatica e verdade que:
A. ao começo do procedimento, o membro é envolvido com uma faixa pouco elástica
B. é iniciada pela extremidade contralateral normal
C. a manipulação evita os quadrantes abdominais adjacentes ao membro comprometido
D. consta em massagem de forma segmentar, começando por suas zonas distais e progredindo para as proximais
E. inicia com sessões semanais, evoluindo para mensais em um período de 8 a 12 meses

  RATING: 3.27

Sobre o drenagem linfatica e verdade que:

A. ao começo do procedimento, o membro é envolvido com uma faixa pouco elástica
INCORRETO: Ao término do procedimento, o membro é envolvido com uma faixa pouco elástica. Inicia-se com sessões diárias, evoluindo para semanais em um período de 8 a 12 semanas.
B. é iniciada pela extremidade contralateral normal
CORRETO : A massagem linfatica é iniciada pela extremidade contralateral normal, retirando o excesso de líquido e preparando os linfáticos das áreas saudáveis, a seguir indo para os quadrantes abdominais adjacentes ao membro comprometido, antes de massagear o membro propriamente dito.
C. a manipulação evita os quadrantes abdominais adjacentes ao membro comprometido
INCORRETO : veja a resposta da alternativa B
D. consta em massagem de forma segmentar, começando por suas zonas distais e progredindo para as proximais
INCORRETO : o membro é massageado de forma segmentar, mas é o contrário, começando por suas zonas proximais e progredindo para as zonas distais.
E. inicia com sessões semanais, evoluindo para mensais em um período de 8 a 12 meses
INCORRETO : Inicia-se com sessões diárias, evoluindo para semanais em um período de 8 a 12 semanas.

Gabarito:  B

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.27)
DISCURSIVA: (86796 votos) ..........98.25% das questões discursivas receberam votos.
Enumeram os principais indices hematimetricos, valores normais e significância para o diagnóstico da anemia ferropriva.

RATING: 3.53

Enumeram os principais indices hematimetricos, valores normais e significância para o diagnóstico da anemia ferropriva.

  1. Hemoglobina Corpuscular Média (HCM) Índice hematimétrico que corresponde àmédia de hemoglobina por eritrócito. Pode estar elevado na presença de macrocitose e diminuído na presença de hemácias microcíticas. (0,1 p)
  2. volume corpuscular médio (VCM) Avalia a média do tamanho (volume) das hemácias, que podem estar em seu tamanho normal, quando são ditas normocíticas,diminuídas (microcíticas) ou aumentadas (macrocíticas). (0,05 p)
    O achado de microcitose é comum em anemias por deficiência de ferro, nas doenças crônicas e nas talassemias. O aparecimento de macrocitose pode estar associado à presença de um grande número de reticulócitos, ao tabagismo e à deficiência de vitamina B12 e de ácido fólico. (0,1 p)

    A interpretação dos valores do VCM leva ao diagnóstico do tipo de anemia, classificando-as em:

    • Anemia Microcítica - VCM menor que 80 fl
    • Anemia Normocítica - VCM entre 80 e 100 fl
    • Anemia Macrocítica - VCM maior que 100 fl             (0,1 p)

      Cálculo do VCM

      VCM = Hematócrito/Nº de hemácias

      Valores de Referência

      É considerado normal valores entre: 80 a 100 fl (fentolitros) (0,05 p)

  3. concentração hemoglobínica corpuscular média (CHCM) é a avaliação da hemoglobina encontrada em 100 mL de hemácias. Esse índice permite a avaliação do grau de saturação de hemoglobina no eritrócito. A saturação da hemoglobina normal indica a presença de hemácias ditas normocrômicas. Quando diminuída, teremos hemácias denominadas hipocrômicas e, quando aumentadas, hemácias hipercrômicas.Os valores considerados normais variam de 32 à 36 g/100 ml, mas sua interpretação depende da correlação de outros dados do exame para estabelecer um diagnóstico por um profissional de saúde. (0,1 p)

FONTE:
MISODOR - ANEMIAS FERROPRIVAS NO ADULTO

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.53)

CASO CLINICO: (91467 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
Um infante de 5 meses de idade é levado ao pronto-socorro após ter 'parado de respirar por aproximadamente 20 segundos e ficado azul ao redor dos lábios'. Ele começou a respirar novamente após a mãe ter 'assoprado em sua face'. Não houve outros sintomas, como doença do trato respiratório superior, febre, vômito, diarreia ou mudança nos hábitos alimentares. Sua alimentação consiste em, aproximadamente, 700 mL a 1L de fórmula infantil por dia e alguns alimentos sólidos; a criança sempre se alimentou bem, embora geralmente 'cuspa' após comer.
A criança está um pouco irritada quando você a examina pela primeira vez. O exame físico é completamente normal, exceto pela presença de sangue seco em ambas as narinas da criança. A saturação de oxigênio em ar ambiente da criança é de 98%. Faz aproximadamente 90 minutos desde que o bebê 'ficou azul', e a mãe parece estar bem assustada com estes eventos.
O histórico familiar é notável pela morte de um irmão durante o sono 2 anos atrás, subsequentemente rotulada como síndrome da morte súbita infantil (SIDS).
1) Quais são os testes de triagem que necessitam ser realizados em caráter de emergência? (0,25 p)
2) Qual a significância do histórico familiar notável pela morte do irmão durante o sono 2 anos atrás? (0,25 p)


RATING: 3.01

1) Quais são os testes de triagem que necessitam ser realizados em caráter de emergência? (0,25 p)
Uma convulsão é uma possibilidade iminente em uma criança com um ALTE. Transtornos metabólicos são causas comuns de convulsões nesta faixa etária. Embora uma hipomagnesemia possa causar convulsões, hipoglicemia, hipocalcemia e hiponatremia são os três distúrbios eletrolíticos mais frequentemente associados a convulsões. Portanto, é crucial obter um nível sérico de glicose e eletrólitos na chegada da criança ao pronto-socorro.
2) Qual a significância do histórico familiar notável pale morte do irmão durante o sono 2 anos atrás? (0,25 p)
É importante para o clínico reconhecer que a SIDS não é um evento hereditário. Portanto, a SIDS que recorre em uma família fortemente sugere a possibilidade de abuso e homicídio. A presença de sangue seco no nariz da criança deveria elevar a suspeita do clínico de traumatismo não acidental, como sufocamento.

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (3.01)

 

1230 USUARIOS INSCRITOS

243 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

721 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
7296 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1715 DE CLINICA, 3412 DE PEDIATRIA, 1300 DE CIRURGIA, 231 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 387 DE SAUDE PUBLICA
114 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 140 CASOS CLINICOS

Todos os direitos reservados. 2020.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.